domingo, 23 de abril de 2017

E SEUS SONS?



Por- Mariângela de Lourdes Coutinho Souza Silva
dmariangela09@yahoo.com.br
Imagem- Mariângela 

Ah... a música! Inspiradora e marcante!
Assim como ouvimos músicas que nos causam tanto bem, amor, paz, sensações agradáveis, também escutamos músicas ruins, que não nos compete ouvi-las.
Mas pensando assim, as pessoas também são músicas. Umas são de sons agradáveis, praticamente todo mundo deseja estar ao lado delas para sentir o que emitem... outras nem tanto ... seus fenômenos acústicos muitas vezes afastam pessoas de seu convívio.
Já  parou pra pensar em quais sons tem emitido? Se é você uma música aprazível ou não?
Se somos Luz, por que não fazermos de nossa voz a Luz em forma do som através de nossas palavras?
comece devagar, vá aumentando seu repertório, fazendo de sua música interior o seu exterior mágico de bons fluidos auditivos!
Pois viver não é mais que evoluir suas competências rumo ao saber! E para saber é preciso acreditar que em si há um universo imenso... 
E esse mundo interior deve ser uma música intensa, mas com instrumentos musicais  afinadíssimos!
Para afinarmos instrumentos, devemos ter aquela constância do dia a dia... E para sermos Luzes Musicais também temos que possuir assiduidade .
Tornemo-nos Luzes, sons especiais, ligados sempre ao amor de Deus que nunca nos abandona...
Somos o reencontro em nós por uma força que nos interliga permanentemente...
Prestemos atenção em nossos sons que falam, que cantam, que sussurram...
Sejamos sons especiais no sentido amplo de que aprendemos cotidianamente...
Sejamos humildes para que sintamos orgulho do que somos, do que nos transformamos para melhor, do que nos obriga a sermos mais transparentes para nós mesmos, do que nos faz sentir um brilho no olhar, um jeito a mais , simples doce, que pode mudar de forma gigantesca grandes problemáticas!
Que sua música interior tenha fenômenos acústicos surpreendentes agradáveis ao universo de todos que se encontrarem com você - conhecidos ou não, mas que ocupem a mente e o coração dos mesmos com sons muito especiais que acrescentarão algo a mais que modificará o afinamento do outro!
Atenção ao seus sons, à sua energia, ao bem estar ou não que possa ser oferecido a tantos... e se esforce ao máximo para ser uma grande sinfonia de Luz - pense: você é responsável pelo que é e emite, por isso, de uma tentativa a outra você vai virando luz aos poucos...
Por isso não se esqueça: a cada esforço, grandes mudanças interiores para uma sonoridade agradável!
Vamos lá, leitores, invistam no agradável, na música suave da batalha do dia a dia!

Excelente domingo, leitores!

Mariângela


sábado, 15 de abril de 2017

ILUMINEMOS NOSSOS SENTIDOS!


Por- Mariângela de Lourdes Coutinho Souza Silva
dmariangela09@yahoo.com.br
Imagem- Mariângela

A beleza em tudo e em todos existe! Talvez falte um pouquinho só para conseguirmos enxergá-la!
Que possamos visualizá-la nos detalhes mais simples para que apuremos nossos sentidos!
Podemos perceber que nossos sentidos  estão despercebidos por nós, necessário se faz despertá-los!
Que tal sentarmos em um cantinho de preferência junto à natureza, sem poupar os barulhos,os odores, os tatos, os olfatos e sentirmos todos eles como há muito tempo não permitimos a nós percebê-los?
Escutar os sons que virão até nós, sentir o perfume de onde estivermos, acariciarmos o local escolhido, respirar, inspirar, trazendo a presença do aqui e agora?
Ah, não é difícil não, basta permitirmos essa experiência!
Garanto a vocês, leitores, que se surpreenderão com o que sentirão!
Nossa vida é uma mistura de nossas percepções, vamos atraí-las para nossa vida, formando em nós o sutil, o alegre, o simples e o mais importante em nós: nossa continuidade fluindo com o Supremo!
Cada vez que nos afastamos de nossa essência, mais nos distanciamos do Plano Superior, da Luz  que sempre nos orienta para o melhor!
Nossos sentidos existem, permitem a nós a continuidade de nosso brilho, de nosso crescimento!
A todos vocês, leitores, um sábado colorido e luminoso!

Mariângela


sexta-feira, 14 de abril de 2017

SENTIREMOS FALTA


Por- Mariângela de Lourdes Coutinho Souza Silva
dmariangela09@yahoo.com.br
Imagem- Mariângela

Sentiremos  falta de sermos os mesmos que fomos algum dia, em um momento, ano ou data especial de nossas vidas...
Sentiremos falta quando olharmos pra trás e repararmos que muitos partiram...
Sentiremos falta dos que nos causaram tantas alegrias, tanto amor e hoje não estão mais conosco...
Sentiremos falta das emoções antigas, simples, viçosas, alegres e leves...
Sentiremos falta  da época infantil, onde nos sentíamos tão protegidos nos colos de quem nos amou...
Sentiremos falta de nossa adolescência, onde sentíamos poderosos, infinitamente jovens...
Sentiremos falta do tempo que passou, da vida que mudou....
Mas falta mesmo sentiremos se perdemos nossa identidade e nos vendemos para um mundo banal e vazio...
Pois à medida que caminhamos na estrada do viver, mais nobres de alma devemos ser: lembrem-se disso: a alma nunca perderá sua beleza, seu amor sincero.
Por isso cultive-se para cultivar em si a joia rara e bela que existe em você!

Feliz sexta-feira, leitores!

Mariângela

segunda-feira, 10 de abril de 2017

OS INIMIGOS



Por- Mariângela de Lourdes Coutinho Souza Silva
dmariangela09@yahoo.com.br
Imagem- Mariângela ( tela de Aldair Anderson- Conselheiro Lafaiete- MG , artista paralisado cerebral que pinta com a boca)


Com os inimigos podemos  aprender: não somente ser como eles, mas também lutarmos para sempre procurarmos nos educar no intuito do bem!
Os inimigos na verdade, são nossos desejos de encontrarmos à frente de nossa caminhada, razões para sermos os amigos mais sinceros e verdadeiros...
pois amigo é uma claridade, uma construção de Luz em nosso viver - e inimigos são a escuridão necessária para buscarmos a Luz em nós e para outros...

Olhemos  à frente seus inimigos como fortes professores que nos instruem para sermos bons.
Busquemos  forças permanentemente para que consigamos na estrada do viver o ímpeto de querer sempre o melhor, sem danificar nada nem a alma de ninguém!
Encontremos em cada amanhecer razões para agradecer e buscar elevação...
Conquistemos nossas manhãs com as preces iniciais e à noite agradeçamos tudo o que conseguimos cumprir...
Ao que ficou para depois, deixemos que nossa paciência adormeça com o que for necessário para no próximo dia fazermos acontecer.
A persistência  deve elevar nossa consciência a fim de lutarmos para o que desejamos!

A todos uma feliz segunda-feira!

Mariângela


terça-feira, 4 de abril de 2017

AMAR O MAIS DIFÍCIL


Por- Mariângela de Lourdes Coutinho Souza Silva
dmariangela09@yahoo.com.br
Imagem- Mariângela


O que é amar? o que nos torna amor?
Amar é brilhar-se em Luz de entendimentos ao Universo!
Amar é compartilhar o que mais o fragmentou...
Amar é juntar os cacos, refazer, vibrar!
Amar é saber e nunca entender - porque amor é novo todo dia, é a chance de renascer e amar no amor...
Amar de verdade é amar o mais difícil!
Quando olhar alguém que anteriormente nem o visitava com o olhar, com a alma, com o coração, pode ter certeza; vocÊ  está amAndo de verdade,  POIS AMOR É UM REFRESCAR DO CORAÇÃO, a ponto de amar sem apreciar o estético, somente o sentimento que nasce da alma...
Amar é encantar-se com o grotesco sabedor que nele há um diamante do amor, mas antes há de ser lapidado!
Amar é aguardar o momento certo para ver no mais difícil a imagem do verdadeiro AMOR!

Boa noite, leitores!

Mariângela

quinta-feira, 30 de março de 2017

BRISA


Por- Mariângela de Lourdes Coutinho Souza Silva

dmariangela09@yahoo.com.br
Imagem- Mariângela

Brisa que é de todos, brisa em mim, em você, no Universo...
Traga os murmúrios brandos do amor
Os encantos que molham devagar
E a ternura que encharca corações...

Brisa "brisando" aonde sofrem tantos pelo desconsolo, guerras e terrores humanos...
Brisa na "Brisolândia" da consciência
Chamando os homens para um novo tempo:
De entendimento, honestidade e paz!

Onda mora agora, Brisa?
Por que a escondem tanto?
Talvez esteja distante , procurando abrigo.
Daquele que acolhe sem pensar em nada;
Apenas abre os braços e oferece o ninho...

Brisa que canta, que eleva, enleva
por onde vai, leva, leve
Molhando aos poucos a quem a percebe....

Quem viu a brisa? Por onde passou?
Ah, se você a abrigou
Escreva uma carta pra mim dizendo:
- Ela está comigo, fique tranquila!

E então, ao recordá-la
Saberei que em braços amigos está
E que quando tudo um dia passar,
Retornará, cheia de Luz, de brisa pra dar!

Feliz quinta- feira, leitores!

Mariângela

quarta-feira, 29 de março de 2017

NUNCA SERÁ PARA SEMPRE


Por- Mariângela de Lourdes Coutinho Souza Silva
dmariangela09@yahoo.com.br
Imagem- Mariângela


Não duvide: nada é para sempre!
Acredite que há de balançar as folhas da paixão, do amor,  dos segredos, das saudades, do encantamento e um dia, sem que espere, as folhas cairão!
E com elas há de cair também tudo aquilo que pensava saber, dominar, controlar!
Nada disso faz sentido: o único significado para tudo isso é de que precisamos ser Outono!
Para que percebamos que nossas folhas nos despirão, nos deixarão de pelos enriçados, de coração abatido, de ânimo diminuído, de desamor e em sofrimento...
Mas isso tudo é necessário para que possamos ser Primavera em outro momento, renascendo em nós a verdadeira consciência do que somos!
Somos uma partícula mínima nesse Universo gigantesco, nessa lógica espiritual sem exatidão de tamanho!
Por que não nos alinharmos à nossa verdade terrestre? - Quanto mais deixarmo-nos nús, mais nos recolheremos na espiritualidade, na soma de todas as tentativas de recomeçar e no entusiasmo por termos mais uma vez vencido nosso Outono e recomeçarmos a brotar no solo da vida...
Então, quando você descobrir que nunca não existe no Universo, apenas no nosso "universinho particular", aprenderá que pouco sabe e muito necessita brilhar!
Nada é para sempre! Mas nosso ser buscador é eterno!
Assim como  as páginas de um livro antigo que precisam ser limpas, tocadas por mãos especializadas, coração e alma meigos para nos apreciar, lembremos que somos um livro sempre velho que precisará de tratamentos!
Nunca é distante demais, mas quando se trata de do que se adquire nos sonhos de quem sonha muito e não se eleva no que mais o permite SER, é relevante dizer: Tão perto está de você sua natureza simples e sutil - essa, se trabalhada, se instalará em você, nada mais...

Feliz quarta-feira, leitores!

Mariângela

 
Copyright (c) 2010 VIDA A NASCER!. Design by WPThemes Expert
Themes By Buy My Themes And Cheap Conveyancing.